Histórias da Odontologia – José Maria Alkmim

Histórias da Odontologia – José Maria Alkmim

(31) 2104-3000

6 de outubro

José Maria Alkmim nasceu no dia 11 de junho de 1901 em Bocaiúva. Bacharel em Direito e amigo de Juscelino Kubitschek, ocupou com competência e com ideais progressistas diversos cargos públicos, chegando a ser Secretário do Interior e Justiça de Minas Gerais (sendo o idealizador da reforma do sistema carcerário mineiro), Presidente do Tribunal de Contas também do Estado, Deputado Federal, Ministro da Fazenda do governo de JK e Vice-Presidente da República do governo de Castelo Branco.

Alkmim foi casado com Maria Dasdores Fonseca Alkmim (nascida Maria Dasdores Kubitschek da Fonseca, prima de Juscelino), com quem teve quatro filhos. Além disso, graças aos seus esforços como provedor durante 1938 a 1974, a Santa Casa de Belo Horizonte adquiriu o complexo de 13 andares que perdura até os dias de hoje.

O advogado e Ex-Procurador Chefe do CRO-MG, Dr. Affonso Romildo Alves Brandão, que conheceu José Maria Alkmim, conta que suas contribuições no âmbito jurídico para a Odontologia foram muito importantes para a regularização da profissão e para a criação do Conselho Federal e dos Conselhos Regionais de Odontologia, através da Lei 4.324 de 14 de abril de 1964. “Alkmim, após ouvir as reivindicações dos cirurgiões-dentistas, assumiu o compromisso de trabalhar pela aprovação do Projeto de Lei 4.324 na Comissão de Justiça e no Plenário da Câmara dos Deputados. Ele afirmou que iria conversar com os membros da Comissão já a partir daquele momento”, relata.

“O Projeto de Lei que já estava parado por um bom tempo na Comissão de Justiça, e no dia da discussão e votação, José Maria Alkmim compareceu à reunião na condição de líder do PSD (Partido Social Democrático) e soube que o projeto era o oitavo da pauta. Então, com o conhecimento de que o deputado Nelson Carneiro tinha o costume de se ausentar das reuniões por um instante para tomar um cafezinho, combinou com o deputado a inversão da pauta para a discussão e a votação do projeto que tanto era de interesse dos cirurgiões-dentistas. Até hoje não se sabe se foi por acaso ou estratégia”, narra o Ex-Procurador Chefe do CRO-MG, Dr. Affonso Romildo Alves Brandão, sempre com base nos relatos do presidente do CRO-MG Dr. Cyro Gomide Loures.

O CRO-MG agradece as contribuições de José Maria Alkmin e faz essa homenagem visando apresentar um pouco da sua história de vida.