AGENTTO





Comunidade CROMG de Proteção no Agentto™
Iniciativa

No intuito de melhorar a segurança de todos os profissionais da área odontológica e de seus familiares, o CROMG sentiu-se na obrigação de atuar ativamente para a sua proteção. Ao buscar soluções, conheceu o Agentto, uma nascente rede social de segurança pessoal e pública, concebida e lançada aqui do Brasil. Seu desenho inteligente e único no mundo permite que a sociedade se organize em várias camadas de proteção, as quais o Agentto chama de “Rede de Confiança”. No nosso caso, cirurgiões-dentistas, seus familiares e amigos, consultórios e clínicas, funcionários e vizinhos podem construir redes solidárias de proteção, tendo, gratuitamente, recursos avançadíssimos para evitarem e atuarem em situações de perigo. Além de estimular e orientar o uso da solução por cada dentista e seus círculos de convívio, para que a comunidade se forme e seja atuante, o CROMG montou uma camada de proteção adicional: um protetor comunitário cobrindo todo o Estado. Esse protetor irá reunir as ocorrências da comunidade CROMG, cobrar e acompanhar suas resoluções perante as autoridades de segurança pública.
O Efeito

Por ser um ponto estático necessariamente aberto ao público, cada consultório e clínica odontológica está permanentemente exposto a assaltos e outros crimes. Barreiras físicas sozinhas não invertem a lógica perversa que cada profissional já vivencia todos os dias: De onde virá a ameaça? Será que é hoje? Quem poderia me ajudar? Na verdade essas barreiras até agravam tal lógica, pois uma vez dentro, o infrator também se isola do mundo externo ao consultório, tendo este isolamento a favor deles. "Quem vai ver o que está acontecendo aqui? Quem vai poder fazer alguma coisa?" Essa comunidade pode inverter esse efeito: serão vários os mecanismos de prevenção e alerta e vários os agentes de notificação e reação – todos coordenados por uma rede social especializada em incidentes de segurança. Queremos criar um ambiente de trabalho onde qualquer agressor pensará: De onde virá o alerta? Será que a polícia já foi avisada? Quem será que me viu? Uma rede social encurta distâncias e atravessas barreiras físicas. Uma comunidade atuante pode estar em todo lugar, o tempo todo. Esse efeito ostensivo esperado será tão ou mais eficaz que o efeito individual (câmeras de segurança, por exemplo). E só uma comunidade articulada e suportada por tecnologia adequada pode produzi-lo. Veja o selo que será oferecido a todos os cirurgiões-dentistas regularmente inscritos na Rede de Dentistas Protegidos.

COMO FUNCIONA A REDE


Para participar cadastre-se pelo link www.cromg.org.br/agentto seguindo os passos lá indicados. Em seguida, baixe o aplicativo para seu smartphone e computador do consultório. Você pode receber seu adesivo da Comissão de Acolhimento* ou de um Fiscal do CROMG.

*Entre em contato com a Comissão de Acolhimento: (31) 2104-3045 e dentistasprotegidos@cromg.org.br
A adesão é totalmente gratuita.
Além de receberem o adesivo, os Dentistas e Profissionais Auxiliares podem contar com o Agentto™ (gratuitamente) que é uma rede social de segurança pública e pessoal baseada em reputação que permite que vítimas, testemunhas, comunidades e serviços públicos de emergência colaborem em tempo real.

Foi concebida e lançada no Brasil e possui um desenho e um posicionamento únicos no mundo todo, que visam estimular a formação de um novo e melhorado pacto social a partir da transparência e da capacidade de reação possibilitados pela Internet e pelos modernos dispositivos móveis.

A ideia é que Dentistas compartilhem com membros de sua Rede informações relevantes como localização atual, e tipo de emergência para possibilitar pedidos de socorro de uma forma jamais antes vista.

ORIENTAÇÕES SOBRE INSTALAÇÕES FÍSICAS




Instale a rede social de segurança pública Agentto™ em seu smartphone e no computador do Consultório.

Após, forme sua rede de confiança e cole o adesivo da Rede na porta do Consultório.

Se puder, instale também alarme, sensores, câmeras de vídeo, monitoramento remoto, olho-mágico e interfone.

Ao ocupar um novo imóvel ou trocar funcionários, troque as chaves do estabelecimento.

Examine aspectos físicos e funcionais de seu imóvel. Observe pontos vulneráveis – telhados, portas, janelas, saída de ar condicionado, etc.

Evite que as pessoas de fora do imóvel possam ter ampla visão do ambiente interno do estabelecimento. Mantenha áreas externas bem iluminadas.

Nunca deixe a chave do consultório na porta (principalmente se houver janela próxima à ela).

Tenha um armário com chave para guardas seus pertences pessoais e de seus funcionários.

Cuidado ao abrir e fechar seu estabelecimento.

Não comente sobre sua vida pessoal e de seus familiares com seus pacientes.

Não deixe objetos de valor à vista.

Salas de acesso restrito devem permanecer de portas fechadas (não necessariamente trancadas).

CUIDADOS NO ATENDIMENTO




Não compre material odontológico sem procedência. Ele pode ter sido roubado de um colega!

Marque seus instrumentais e equipamentos com seu nome e nº de CRO de forma indelével.

Evite agendar o primeiro ou último horário do dia para clientes que você não conheça. Ao atender a porta em horário suspeito, coloque o Agentto em modo “Alerta”.

No agendamento por telefone, anote nome completo do paciente, RG ou CPF, telefones de contato, idade e indicação. Ligue antes confirmando a consulta. Informações conflitantes são um mau sinal. Sempre que possível, consulte no site da Polícia Civil os antecedentes dos seus pacientes (principalmente de homens agendados nos últimos horários). Tenha os mesmos cuidados na contratação de empregados.

Cuidado com prestadores de serviço (principalmente os não solicitados). Peça que retirem o capacete para identificação antes de abrir a porta.

Treine seus funcionários para terem postura atenta sobre pessoas que frequentem seu Consultório.

Se possível procure atender acompanhado e inclua seus funcionários no Agentto.

Caso trabalhe em Centros de Saúde tenha os contatos de colegas e/ou do guarda municipal.

Desconfie sempre de atitudes suspeitas e, em caso de dúvidas, acione a polícia militar pelo “190”. Se não for possível, acione sua Rede pelo Agentto.

SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA


EM CASO DE CRIME:
Não reaja.

Se for possível prever um assalto, sem ser notado pelo criminoso, acione o modo “Pânico Silencioso” do Agentto.

Avise a polícia o mais rápido possível.

Mantenha as mãos à vista e avise sobre seus atos.

Procure manter a calma e evite movimentos bruscos.

Responda somente o que lhe for perguntado.

Procure gravar a fisionomia e características do criminoso, mas com discrição (evitando olhar diretamente).

Registre a ocorrência na Polícia.

OUTRAS DICAS


Casos de violência devem ser informados ao CRO (após o registro da ocorrência). A Comissão de Acolhimento está à disposição do Cirurgião Dentista para respaldá-lo junto aos Órgãos de Segurança Pública.

O Projeto “Rede de Dentistas Protegidos” desenvolvido pela Comissão de Segurança do CROMG, com apoio do SOMGE e da empresa de segurança Agentto, é análogo à “Rede de Vizinhos Protegidos”, em que cada integrante funciona como se fosse uma “câmera viva” captando e repassando informações.

ABRANGÊNCIA


Os Cirurgiões Dentistas do interior interessados em participar devem checar com a respectiva Delegacia Regional se o município faz parte do Projeto Rede de Dentistas Protegidos. Para a entrada de novos municípios a Delegacia Regional deve entrar em contato com a Comissão de Acolhimento na Sede.



Fontes: PMMG, Comissão de Segurança do CROMG e Agentto™.